Trabalhos de Verão 2008

A sexta acção de formação dos Trabalhos de Verão decorreu de 1 de Agosto a 4 de Setembro de 2004. Foram candidatas aceites para este projecto Cátia Souto e Rita Vaza, do Mestrado de Conservação e Restauro da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, e Lorenza Bagnarelli, do Mestrado de Conservação e Restauro da Università degli studi Carlo Bo (Urbino, Itália).

A formação focou aspectos relacionados com as normas de segurança e regras de trabalho no MNE. Foram obtidas noções de manuseamento de objectos, realização de suportes e instalação em reserva que permitiram o acondicionamento de parte da colecção de têxteis provenientes do Museu de Arte Popular.

Após adquirirem noções básicas de limpeza mecânica acompanhada de aspiração as voluntárias participaram na campanha sistemática de limpeza e tratamentos das Galerias da Vida Rural.

Para a inscrição de números de inventário foram dadas noções sobre o uso de solventes, soluções e testes para averiguar a sua adequação a cada caso. Foi feita, após treino em objectos de teste, a remoção de números de depósito e a inscrição de números de inventário na colecção de instrumentos musicais populares portugueses.

A realização de tratamentos em objectos de cerâmica provenientes do Museu de Arte Popular foi precedida por uma aprendizagem sobre consolidação e colagem de objectos cerâmicos e as participantes dos Trabalhos de Verão 2008 realizaram tratamentos de colagem, com o objectivo de recuperação da forma original de alguns objectos que se encontravam muito fracturados.

O trabalho realizado foi sendo documentado e, para além do preenchimento, em base de dados, das acções de conservação relativas aos objectos intervencionados durante os Trabalhos de Verão, as voluntárias realizaram ainda um relatório final sobre todas as actividades desenvolvidas durante estas semanas.

Como conclusão salienta-se que este projecto permitiu uma formação em princípios básicos de conservação e restauro a três alunas dessa área que, embora ainda sem total autonomia, se revelaram capazes de realizar as funções que lhes foram atribuídas. O MNE beneficiou também com o trabalho realizado por estas alunas durante as cinco semanas em que decorreu esta acção.

Rita Vaza, Cátia Souto e Lorenza Bagnarelli
realizando tratamentos de conservação em objectos
de cerâmica provenientes do Museu de Arte Popular

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s