Programa Doutoral FCT em Antropologia: Políticas e Imagens da Cultura e Museologia

image001
O Programa de Doutoramento FCT em Antropologia: Políticas e Imagens da Cultura e Museologia visa fornecer uma aproximação simultaneamente diversificada e crítica aos processos contemporâneos de produção e reprodução de formas culturais e formar investigadores e profissionais altamente qualificados, com particular foco no Património Cultura Imaterial. A par da incidência nas práticas culturais e no Património Cultural Imaterial em Portugal, o programa visa também outros contextos de pesquisa em três eixos geográficos: países do Mediterrâneo, Brasil e países africanos de língua oficial portuguesa.
Centrado na pesquisa interdisciplinar sobre culturas expressivas, o programa aborda temas como o estudo do ritual e outras performances culturais, a articulação entre património natural e cultural, o papel dos museus e do turismo na objetificação da cultura, a circulação e reescalonamento de expressões culturais e a relação entre formas materiais e imateriais de expressão cultural.
O programa é promovido conjuntamente pelo ISCTE-IUL e pela FCSH-NOVA (http://fcsh.unl.pt/escola-doutoral/doutoramentos/antropologia-1/antropologia-pt), em articulação com três centros de investigação – CRIA, INET/FCSH-NOVA e IELT/FCSH-NOVA – com pesquisa consolidada nas áreas da antropologia, etnomusicologia e literaturas tradicionais.