Seis objectos de Angola, patentes ao público no Musée du Quai Branly

Encontram-se atualmente patentes ao público no Musée du Quai Branly seis objetos de Angola das coleções do Museu Nacional de Etnologia – duas esculturas Cokwe (n.º inv.: O.333; AO.334), um bastão Songo (n.º inv.: AA.986), um bastão Ovimbundu (n.º inv.: AA.779) e um bastão Holo (n.º inv.: AI.350) – cedidas para a exposição «L’Afrique des Routes» que reúne um total de cerca de 300 objetos oriundos de vários museus e coleções particulares dos EUA e Europa.

A exposição, inaugurada a 31 de janeiro e que poderá ser visitada até ao dia 12 de novembro de 2017, apresenta-nos a história de séculos de contactos entre diferentes culturas, tanto dentro do continente africano, séculos antes da chegada dos portugueses no século XV, como também para além das suas fronteiras até aos dias de hoje, através de rotas de circulação de homens, matérias e obras de arte.

Mais informações em:

http://www.quaibranly.fr/fr/expositions-evenements/au-musee/expositions/details-de-levenement/e/lafrique-des-routes-36991/

afrique_des_routes

Anúncios