Circulação de Bens: «To go to – Jorge Queiroz e Arshile Gorky»

Foto: Ricardo Lopes (CEA/FCG)

«O busto do homem que gostaríamos de saber quem era» é a legenda da pequena escultura em madeira (N.º inv. MNE: BM.103) cedida temporariamente ao Centro de Arte Moderna, da Fundação Calouste Gulbenkian, onde poderá ser vista na exposição «To go to – Jorge Queiroz e Arshile Gorky» até dia 17 de outubro.

«Esta exposição resulta da aproximação entre dois artistas, um moderno, Arshile Gorky (Khorkom, Arménia, c. 1904 – Sherman, Connecticut, 1948), e um contemporâneo, Jorge Queiroz (Lisboa, 1966). A ideia inicial era simplesmente observar o modo como a obra de Gorky «fala» a Queiroz. E Queiroz transformou o projeto numa instalação onde acolhe, ou recebe, a visita de Gorky. Como refere num texto que escreveu para a exposição, «frequentou Gorky até o acolher na sua visão da exposição (…) e Gorky estava lá [na exposição, no estúdio] quase sempre sentado a preto e branco como na sua fotografia». Procuram-se ressonâncias entre os trabalhos dos dois artistas, ecos e diferenças, ainda que toda a exposição seja uma criação de Queiroz, um convite à presença de alguma forma tutelar e fantasmática de Gorky.»

Para mais informações:

Advertisement