Jornadas Europeias do Património | 23, 24 e 25 de setembro no MNE

 JEP

PROGRAMA (versão em pdf, aqui)

2016 – Comunidades e Culturas

23 a 25 de setembro

 

Museu Nacional de Etnologia

Gastronomia Africana | Danças Tradicionais Europeias – TradBalls | “Um Museu, muitos Mundos” |

Percussão – Toká Rufar | Taekwondo e Capoeira | Artes e Ofícios no Jardim |

“Arquitetura Timorense” em reedição e exposição | Encontro “Desenhar o Mundo. Olhar em Volta”.

  • Dia 23 (sexta)


15h00 às 17h30: Encontro “Desenhar o Mundo. Olhar em Volta: O Desenho como Registo”

Organização: Direção-Geral do Património Cultural

18h00: Apresentação pública das Jornadas Europeias do Património

Organização: Direção-Geral do Património Cultural

19h00: Apresentação pública da reedição de «Arquitetura Timorense» (de Ruy Cinatti, Leopoldo de Almeida e António de Sousa Mendes) e inauguração da Exposição «Arquitetura Timorense: miniaturas do mundo»

O livro «Arquitetura Timorense», da autoria conjunta de Ruy Cinatti, Leopoldo de Almeida e António de Sousa Mendes, constitui a referência incontornável sobre a arquitetura vernacular de Timor-Leste, assim como uma obra fundamental para a compreensão da diversidade cultural deste país. No âmbito da reedição desta obra, resultado da parceria entre o Museu Nacional de Etnologia e o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua I.P., o Museu procede à realização da exposição temporária «Arquitetura Timorense: miniaturas do mundo», evocativa daquele livro, dos seus autores e das repercussões deste trabalho para o conhecimento e a valorização da arquitetura tradicional timorense.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

21h00 às 23h00: “Um Museu, Muitos Mundos”

Espetáculo/projeção nas fachadas do Museu alusiva à diversidade das comunidades e culturas representadas nos mais de 40.000 objetos que constituem as coleções do Museu Nacional de Etnologia, num total de 380 povos e culturas, repartidos por 80 países dos 5 continentes.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

22h00 às 02h00: Baile de danças tradicionais europeias pelos Tradballs.

 Participe na celebração do Museu com muito ritmo, dança e animação! Ao som de música ao vivo, junte-se aos Tradballs e participe na descoberta de tradições coreográficas de várias culturas europeias.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Participação/ Apoios: Tradballs – Associação para a Promoção e Divulgação da Arte Cultural Tradicional

———–

 Degustação de gastronomia africana na cafetaria do Museu.

 


  • Dia 24 (sábado)


10h30: “Animais como Gente”: Máscaras e Marionetas do Mali

Visita guiada à coleção de máscaras e marionetas do Mali em destaque na Exposição Permanente.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Contatos para informações e inscrições/ Outras informações: Sujeita a marcação prévia para visitasguiadas@mnetnologia.dgpc.pt ou rosariosevero@mnetnologia.dgpc.pt  (213041160) e limitada a um máximo de 25 participantes.

11h30: “A Música e o calendário festivo”

Visita guiada à coleção de instrumentos musicais populares portugueses em destaque na Exposição Permanente.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Contactos para informações e inscrições/ Outras informações: Sujeita a marcação prévia para visitasguiadas@mnetnologia.dgpc.pt ou rosariosevero@mnetnologia.dgpc.pt (213041160) e limitada a um máximo de 25 participantes.

14h30 às 18h00: Artes e Ofícios no Jardim

Experimentação de diferentes artes e ofícios – tecelagem manual, cerâmica, tapeçaria, fiação e tinturaria natural – com orientação por artesãs especializadas em de cada uma destas áreas.

Organização: Museu Nacional de Etnologia; Isabel Bordaleiro

Participação/ Apoios: Isabel Bordaleiro (tecelagem manual), Ana Sobral (cerâmica), Inês Calheiros (tapeçaria), Rosário Albuquerque (fiação), Fátima Gavinho (tinturaria natural).

15h00: Índios da Amazónia

Visita guiada às coleções dos povos indígenas da Amazónia nas reservas visitáveis «Galerias da Amazónia».

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Contactos para informações e inscrições/ Outras informações: Sujeita a marcação prévia para visitasguiadas@mnetnologia.dgpc.pt ou rosariosevero@mnetnologia.dgpc.pt (213041160) e limitada a um máximo de 25 participantes.

16h00: Performance de Capoeira –  Grupo Muzenza de Capoeira

 O Grupo Muzenza de Capoeira foi criado no Rio de Janeiro 1972 encontrando-se hoje implantado em 35 países, tendo introduzido essa modalidade em clubes, quartéis, escolas, academias e comunidades económica e socialmente carenciadas. Um dos seus principais objetivos é preservar e divulgar a capoeira, através do seu estudo e mantendo-se fiel às suas raízes e filosofia. Venha assistir!

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Participação/ Apoios: Grupo Muzenza de Capoeira

16h30: Workshop de Capoeira

Aula aberta de Capoeira com o Grupo Muzenza de Capoeira para todo o público interessado, com uma proposta de capoeira como luta, arte, ritmo, poesia, cultura, desporto, profissão e filosofia de vida, permitindo que cada aluno se identifique com uma dessas vertentes. Venha participar!

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Participação/ Apoios: Grupo Muzenza de Capoeira

———–

 Degustação de gastronomia africana na cafetaria do Museu.

 

 

  • Dia 25 (domingo)


10h30: “Animais como Gente”: Máscaras e Marionetas do Mali

Visita guiada à coleção de máscaras e marionetas do Mali em destaque na Exposição Permanente.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Contatos para informações e inscrições/ Outras informações: Sujeita a marcação prévia para visitasguiadas@mnetnologia.dgpc.pt ou rosariosevero@mnetnologia.dgpc.pt (213041160) e limitada a um máximo de 25 participantes.

11h30: De Cabinda ao Namibe

Visita guiada às coleções de Angola [Tampas de Panela com provérbios (Cabinda) e Bonecas dos Povos do Sul de Angola] em destaque na Exposição Permanente.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Contactos para informações e inscrições/ Outras informações: Sujeita a marcação prévia para visitasguiadas@mnetnologia.dgpc.pt ou rosariosevero@mnetnologia.dgpc.pt (213041160) e limitada a um máximo de 25 participantes.

15h00: Teatro de Sombras de Bali

Visita guiada à coleção de Teatro de Sombras da Indonésia em destaque na Exposição Permanente.

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Contatos para informações e inscrições/ Outras informações: Sujeita a marcação prévia para visitasguiadas@mnetnologia.dgpc.pt ou rosariosevero@mnetnologia.dgpc.pt (213041160) e limitada a um máximo de 25 participantes.

15h30: Performance de Taekwondo

Espetáculo de Taekwondo pela STAT Artes Marciais em que crianças e jovens demonstram a grande energia de uma arte marcial com origens na Coreia do Sul, através de coreografias alucinantes que combinam movimentos de auto-defesa com acrobacias surpreendentes! Contamos consigo!

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Participação/ Apoios: STAT Artes Marciais

15h45: Workshop de Taekwondo

Um convite a todas as famílias, desde os miúdos aos graúdos, para experimentarem uma verdadeira aula de Taekwondo rumo ao cinto preto, conduzida pela STAT Artes Marciais. Venha participar!

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Participação/ Apoios: STAT Artes Marciais

16h30: Tocá Rufar – Espetáculo de percussão

A Orquestra Tocá Rufar é uma orquestra de percussão, com naipes de bombos, caixas de rufo e timbalões, tendo-se já tornado um agente emblemático da preservação da música tradicional portuguesa. Venha assistir ao encerramento, com estrondo, das JEP no Museu!

Organização: Museu Nacional de Etnologia

Participação/ Apoios: Tocá Rufar

———–

Degustação de gastronomia africana na cafetaria do Museu.

Anúncios

Curso de E-Learning «Inventário de Património Cultural Imaterial» (Edição 2015)

PCI-teaser_novo-prazo

Até 18 de Setembro, encontram-se abertas as inscrições para a 3.ª edição do Curso de E-Learning «Inventário de Património Cultural Imaterial», realizado conjuntamente pela Direção-Geral do Património Cultural, através do Museu Nacional de Etnologia, e pela Universidade Aberta.

O Curso decorrerá entre outubro de 2015 e fevereiro de 2016 e tem como objetivo fundamental o desenvolvimento de competências para elaboração de pedidos de proteção legal de PCI, tendo em vista o registo de manifestações imateriais no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, acessível através do site www.matrizpci.dgpc.pt.

A realização deste Curso decorre do sucesso já alcançado nas suas edições anteriores, em 2013 e 2014, de que resultou a formação de um total de 52 alunos, assim como o pedido de registo no «Inventário Nacional» de cinco manifestações do património imaterial português, incluindo o da Confeção da Louça Preta de Bisalhães, que veio a resultar, em 2015, na apresentação da respetiva candidatura à UNESCO, para inscrição na Lista de Património Cultural Imaterial que necessita de Salvaguarda Urgente.

O Curso é realizado em regime de ensino à distância e destina-se preferencialmente a profissionais de entidades envolvidas na elaboração de processos de inventariação de património imaterial, em particular da administração local, entidades de âmbito cultural/científico e ONGs.

Tratando-se da primeira edição do Curso realizada pelo Museu Nacional de Etnologia, contará igualmente com o apoio da Biblioteca do museu no âmbito da pesquisa bibliográfica a realizar pelos alunos para a elaboração dos respetivos trabalhos Finais.

Informações:

E-mail: formacao@mnetnologia.dgpc.pt

Tel: 300 007 259 (UAb – ALV)

Inscrições: http://www.uab.pt/web/guest/estudar-na-uab/oferta-pedagogica/alv

Consulte AQUI o Programa do Curso.

Congresso Internacional Arquitetura Tradicional no Mediterrâneo Ocidental

topo_pt_3

Vai decorrer em Mértola, nos próximos dia 13, 14 e 15 de Maio, um congresso internacional dedicado ao tema «Arquitetura Tradicional no Mediterrâneo Ocidental».

Mais informações, aqui.

Programa, aqui.

 

Fórum Internacional: “O lugar da Cultura | Modelos de Desenvolvimento para o Século XXI”

e_flyer_2_alta-1024x721

Qual é o espaço que a cultura deve ocupar no século XXI? Que modelo de desenvolvimento queremos?

O Fórum Internacional «O Lugar da Cultura» irá procurar responder a estas e outras perguntas, promovendo o debate sobre o papel da cultura nas sociedades do século XXI através de colóquios e debates com oradores nacionais e internacionais, e jornadas de apresentação de espaços culturais.

 Terá lugar de 15 a 22 de Abril no Centro Cultural de Belém e nos lugares da cultura em todo o país. Inscrições e mais informações através do site http://olugardacultura.pt/

Estudo de Públicos de Museus Nacionais, com início a 3 de Dezembro

A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), com o apoio mecenático da Fundação Millennium BCP e da ONI, e com a consultoria técnico-científica do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia – Instituto Universitário de Lisboa, realiza o primeiro Estudo de Públicos de Museus Nacionais.

Tendo como objetivo principal conhecer os públicos de 14 museus tutelados pela Direção-Geral do Património Cultural (de cada museu e no conjunto), este projeto é o primeiro estudo realizado no país que compreende uma amostra representativa dos visitantes de museus nacionais.

Ao longo de 12 meses,  em simultâneo nos 14 museus, serão inquiridos cerca de 30.000 visitantes através do preenchimento de um questionário quadrilingue on-line, em computadores colocados para o efeito em cada museu.

Os resultados do estudo serão fundamentais para a futura definição de estratégias para captação e fidelização dos visitantes dos museus tutelados pela DGPC, bem como para a implementação de políticas culturais que melhorem o acesso à cultura, aos museus e às suas coleções.

Pretende-se que o estudo venha a ser uma referência nacional na área disciplinar dos estudos de públicos, colmatando uma lacuna e um atraso de Portugal em relação a outros países europeus e ocidentais, e poderá vir a constituir-se como matriz para implementação no universo dos 142 museus da Rede Portuguesa de Museus. Suscitará, certamente, o aprofundamento da investigação académica sobre as características e os comportamentos dos visitantes dos museus em Portugal.

 A recolha de informação terá início no dia 3 de dezembro de 2014 e conclusão em dezembro de 2015.