Exposição «Vergílio Pereira: Itinerários de um Etnógrafo»

Exposição temporária

Vergílio Pereira: Itinerários de um Etnógrafo

6 de dezembro 2019 a 30 de maio de 2020

Esta exposição dá a conhecer a vida e obra de Vergílio Pereira a partir do estudo e preservação digital do seu arquivo pessoal. Doado ao Estado pelos seus herdeiros, este arquivo foi transferido para o Museu Nacional de Etnologia em 1992, tendo em vista complementar outros importantes arquivos de música popular portuguesa de que o Museu já dispunha anteriormente, constituídos por Ernesto Veiga de Oliveira e por Michel Giacometti.

Da diversidade de documentação que configura este arquivo pessoal, são precisamente os registos sonoros que assumem especial relevo, não apenas pelo quantitativo destes, mas pelo facto de as suas cópias das gravações realizadas no âmbito da colaboração com a Junta de Província do Douro Litoral consistirem, provavelmente, nos únicos registos sobreviventes dessas recolhas.

A importância desses registos sonoros apenas pode ser compreendida, porém, no contexto do seu arquivo etnográfico globalmente considerado. É no cruzamento de toda essa documentação que, para além das vozes e das melodias, que Vergílio Pereira registava em fita magnética e posteriormente transcrevia para partitura, podemos identificar os intérpretes, de que anotava o nome, a alcunha, a idade e competência musical nos seus cadernos de campo, em conjunto com o lugar e data de cada gravação. São também os seus rostos que se encontram documentados nas imagens que realizava sistematicamente em cada recolha, assim como os instrumentos musicais utilizados, cuja sonoridade particular se encontra registada nas suas gravações.

Dada a relevância de todos estes registos, que nos permitem restituir o todo da realidade das expressões musicais que Vergílio Pereira documentou ao longo de mais de quinze anos, constituiu componente central desta exposição a digitalização do seu arquivo pessoal, tendo este projeto sido desenvolvido pelo Museu no âmbito do Programa para preservação digital e publicação em linha dos seus vários fundos arquivísticos iniciado em 2015.

Realizada pelo Museu entre 2016 e 2019, a digitalização deste arquivo contou com a inestimável colaboração da Universidade de Aveiro, dando assim sequência ao próprio projeto de estudo e inventário do mesmo desenvolvido por Maria do Rosário Pestana, docente nesta universidade, no âmbito da sua investigação sobre a obra de Vergílio Pereira.

Visita temática “Conservar, Investigar, Divulgar: Paisagens Tecnológicas em Torno da Moagem” | Semana da Ciência e da Tecnologia | Dia Nacional da Cultura Científica 2019

 

Imagem FG

 

No próximo dia 23 de novembro terá lugar, entre as 10h00 e as 17h00, a visita temática Conservar, Investigar, Divulgar: Paisagens Tecnológicas em Torno da Moagem, organizada pelo Ecomuseu Municipal do Seixal. A visita pretende promover a divulgação e a sensibilização para o valor do património moageiro preservado por três instituições distintas, assim como do saber-fazer que lhe está associado, mobilizando diferentes disciplinas científicas, entre as quais a antropologia, a etnografia, a história e a museologia.

A atividade está integrada no programa da Semana da Ciência e da Tecnologia e do Dia Nacional da Cultura Científica e inclui a visita ao Museu Nacional de Etnologia, à antiga Manutenção Militar (EGEAC / Fábrica de Moagem no Hub Criativo do Beato) e ao Núcleo do Moinho de Maré de Corroios.

A participação é gratuita, sendo sujeita a inscrição prévia pelo email  ecomuseu.se@cm-seixal.pt. A deslocação é assegurada em autocarro do Município do Seixal.

Mais informações AQUI (http://www.cm-seixal.pt/evento/conservar-investigar-divulgar-paisagens-tecnologicas-em-torno-da-moagem).

«CARTAS DO NOVO MUNDO» Espectáculo nas «Galerias da Amazónia»

PRÓXIMA SESSÃO: 27 de outubro, DOMINGO | 16h00

 

Espetáculo nas «Galerias da Amazónia»

Venha participar numa viagem no tempo, nesta peça de teatro realizada nas Reservas Visitáveis do Museu Nacional de Etnologia dedicadas às coleções de alguns povos indígenas da América do Sul.

Baseado nas primeiras descrições das terras do Brasil, realizadas em 1500, o espectáculo «Cartas do Novo Mundo» tem por protagonista Afonso Ribeiro, um desterrado da armada de Pedro Álvares Cabral citado n’ «A Carta» de Pêro Vaz de Caminha. É ele quem nos transmite a perplexidade desse primeiro contacto com os povos indígenas do Brasil, expresso nos comentários sobre a nudez dos índios, os seus adornos, armas, habitações e hábitos alimentares. São essas primeiras revelações que incitam o espectador  à descoberta das «Galerias da Amazónia», levantando questões sobre os artefactos que serão observados na breve visita a este espaço de Reserva, que se seguirá ao espectáculo.

Projeto: Academia de Produtores Culturais em co-produção com Cassefaz

Direção artística: Miguel Abreu

Ator: F. Pedro Oliveira

Informações:

MUSEU NACIONAL DE ETNOLOGIA

Avenida Ilha da Madeira; 1400-203 Lisboa

Marcação prévia para servicoeducativo@mnetnologia.dgpc.pt; tel: 213041160.

N.º máximo de participantes: 30.

Requalificação de Salas de Exposição do Museu Nacional de Etnologia

Requalificação de Salas de Exposição do Museu Nacional de Etnologia

Devido ao prolongamento das obras de reparação no pavimento de duas salas de exposição do Museu Nacional de Etnologia, informa-se o público que a Exposição Permanente deste museu encontrar-se-á encerrada até ao próximo dia 6 de outubro.

Durante este período, encontrar-se-ão acessíveis ao público as duas reservas visitáveis do museu. As visitas às Galerias da Vida Rural e às Galerias da Amazónia serão realizadas nos seguintes horários:

         Terça-feira: 14h00 – 15h30 ; 16h00 – 17h30.

         Quarta-feira a domingo: 10h30 – 12h00 ; 14h00 – 15h30 ; 16h00 – 17h30.

Durante este período, encontra-se igualmente aberta ao público a Biblioteca / Mediateca, no horário normal, de segunda a sexta-feira.


 

Refurbishment of the Exhibition Rooms of the National Museum of Ethnology 

Due to the extension of the repair work on the floor of two exhibition rooms of the National Museum of Ethnology, we inform that the permanent exhibition of this museum will be closed until the 6th October. 

During this period two storage rooms of the museum will be accessible to the public for groups up to 30 people. These guided tours to the Rural Life Galleries and the Amazonian Galleries will be made in the following schedules:

        Tuesday: 14h00 – 15h30 ; 16h00 – 17h30.

        Wednesday to Sunday : 10h30 – 12h00 ; 14h00 -15h30 ; 16h00 – 17h30.

During this period, the Library & Media Library will be open to the public from Monday to Friday.