«CARTAS DO NOVO MUNDO» Espectáculo nas «Galerias da Amazónia»

CARTAS DO NOVO MUNDO

16 de julho, DOMINGO, 16h00

23 de julho, DOMINGO, 16h00

Espetáculo nas «Galerias da Amazónia»

Venha participar numa viagem no tempo, nesta peça de teatro realizada nas Reservas Visitáveis do Museu Nacional de Etnologia dedicadas às coleções de alguns povos indígenas da América do Sul.

Baseado nas primeiras descrições das terras do Brasil, realizadas em 1500, o espectáculo «Cartas do Novo Mundo» tem por protagonista Afonso Ribeiro, um desterrado da armada de Pedro Álvares Cabral citado n’ «A Carta» de Pêro Vaz de Caminha. É ele quem nos transmite a perplexidade desse primeiro contacto com os povos indígenas do Brasil, expresso nos comentários sobre a nudez dos índios, os seus adornos, armas, habitações e hábitos alimentares. São essas primeiras revelações que incitam o espectador  à descoberta das «Galerias da Amazónia», levantando questões sobre os artefactos que serão observados na breve visita a este espaço de Reserva, que se seguirá ao espectáculo.

Projeto: Academia de Produtores Culturais em co-produção com Cassefaz

Direção artística: Miguel Abreu

Ator: F. Pedro Oliveira

Informações:

MUSEU NACIONAL DE ETNOLOGIA

Avenida Ilha da Madeira; 1400-203 Lisboa

Marcação prévia para visitasguiadas@mnetnologia.dgpc.pt; tel: 213041160.

N.º máximo de participantes: 30.

Festa do Património | 1 de julho de 2017

 

A Direção Geral do Património Cultural organiza pela primeira vez, a Festa do Património, um evento que queremos que se constitua como uma efeméride, a realizar anualmente no primeiro Sábado do mês de Julho.

O objetivo é dar a conhecer ao público as diversas vertentes do Património Cultural através de atividades de animação de participação gratuita: ateliers de conservação e restauro, workshops de artesanato, azulejaria e arqueologia, gastronomia, teatro e recreação histórica, música, visitas guiadas, entre outras.
Das 10.00h às 23.00h do próximo dia 1 de Julho o público terá assim a possibilidade de usufruir de um programa diversificado que aproxima o Património Cultural da população, numa perspetiva pedagógica e de sensibilização, ao mesmo tempo que proporciona entretenimento gratuito para toda a família.

O espaço selecionado para esta primeira edição será o Palácio Nacional da Ajuda, incluindo os jardins envolventes, arcadas e pátio central.

Consulte o programa, aqui.

Novas Incorporações: Cesto MNE:BM.747 produzido por Gungunhana

Cesto (n.º inv. MNE: BM.747) (clique para aceder à ficha de inventário no MATRIZNET)

Este constitui um dos vários exemplares de cestaria produzida por Gungunhana durante o seu exílio em Portugal, após ter sido capturado por Joaquim Mouzinho de Albuquerque em dezembro de 1895. Mudungazi ou Mondagaz, cognominado Gungunhana, foi o último chefe Nguni a governar um vasto território do sul de Moçambique, designado de Império de Gaza e que vinha sendo reivindicado pelo governo português de então.

Este cesto foi oferecido pelo próprio Gungunhana ao médico que o tratou pouco depois da sua chegada a Lisboa, o Dr. Cornivel Moreira, e foi oferecido pela neta deste ao museu, D. Maria Antonieta Cornivel Moreira, em fevereiro de 2017, sendo a mais recente incorporação do museu.

Objectos do MNE na exposição «Racismo e Cidadania» no Padrão dos Descobrimentos

peq-MuseuEvora21-700x501

Encontram-se atualmente patentes ao público no Padrão dos Descobrimentos, dois pares de manilhas das coleções do Museu Nacional de Etnologia, provenientes de Angola (n.ºs inv. AB.248; AB.249; AL.187; AL.189), cedidas para a exposição «Racismo e Cidadania» que reúne obras cedidas por várias instituições portuguesas. A exposição, inaugurada a 6 de maio e que poderá ser visitada até ao dia 3 de setembro de 2017, apresenta como linha condutora os processos históricos de segregação e exclusão de minorias no território nacional e de discriminação de populações nativas no mundo colonial, de 1497 até ao presente; visando estimular o grande público a questionar o passado e o presente das relações entre povos, conjugando emigração com imigração, exclusão e integração, ausência de direitos e acesso à cidadania.

Mais informações em:

http://www.padraodosdescobrimentos.pt/pt/evento/racismo-e-cidadania/